10 Terríveis Lendas Urbanas do Japão

Todo mundo sabe que a gente adora o Japão e ainda mais a cultura da terra do sol nascente!

Outra coisa que não é segredo para ninguém, é a preferência dos Senpuurangers por temas relacionados ao terror (confira nosso zicado SenpuuCast de Dia das Bruxas).

Levando em consideração tudo isso, temos um post que reuniu dez lendas urbanas japonesas cabulosas! (você acessa o original aqui).

Kushisake-Onna

1 – Kushisake Onna

O nome dela significa “a mulher com a boca cortada”. Se você vai a algum lugar tarde da noite sozinho, ela pode surgir de qualquer esquina na rua. Não há escapatória porque ela consegue se teletransportar e ficar na sua frente. A mulher usa uma máscara cirúrgica e um sobretudo. De acordo com a lenda, Kushisake Onna irá perguntar “Eu sou bonita?” e, se você disser que não, ela corta a sua cabeça fora com uma tesoura gigante. Caso a resposta seja “sim”, a moça tira a máscara, revelando sua boca cortada de orelha a orelha e devolve a pergunta “E agora?”. Se a resposta for negativa, você será cortado ao meio, em caso de resposta positiva, ela cortará sua boca como a dela.

Hitobashira

2 – Hitobashira

A palavra pode ser traduzida como “Pilares Humanos”. No Japão antigo, as pessoas acreditavam que selar um ser humano em uma construção faria com que ela ficasse mais forte e estável. Ao colocar pessoas nos pilares e nas paredes, seriam feitos sacrifícios para os deuses que, se ficassem satisfeitos, permitiriam que o local durasse mais tempo. É dito que os prédios com pilares humanos são assombrados pelos que são selados em suas vigas.

Teke-Teke

3 – Teke Teke

Teke teke teke é o som que essa criatura faz ao se mover com os cotovelos. Segundo o mito, ela já foi uma boa moça em algum momento da vida e caiu (ou se jogou, depende da versão) nos trilhos do metrô. Ela foi cortada ao meio pelo trem, mas sua raiva foi tão intensa que seu torso continua por aí procurando por vingança. Apesar da falta das pernas, ela se move muito rápido e se você tiver o azar de ser pego por ela, irá ser cortado ao meio também.

Aka-Manto

4 – Aka Manto

O significado é tapete ou manto vermelho e é basicamente um espírito mal que assombra banheiros. Ele irá aparecer quando você se sentar no vaso sanitário e não tiver papel higiênico. O espírito vai perguntar “você quer um papel vermelho ou azul?” Se optar pelo vermelho, você será cortado em pedacinhos, se a opção for o azul, será estrangulado. De acordo com diferentes versões da lenda, o papel vermelho faz com que sua pele seja retirada do corpo e a escolha pelo azul drena todo o sangue da pessoa.

Inferno-de-Tomino

5 – Inferno de Tomino

“Inferno de Tomino” é um poema amaldiçoado que mata as pessoas que o lerem em voz alta. Se você tiver sorte não morrerá, mas coisas horríveis acontecerão de qualquer maneira. O poema foi escrito por Yomota Inuhiko em um livro chamado “O coração é como uma pedra rolante”, e foi incluído na 27ª coleção de poemas de Saizo Yaso em 1919. O poema é sobre a morte e queda ao inferno de Tomino.

Cabeça-de-Vaca

6 – Cabeça de Vaca

É uma história de terror que pode fazer você morrer de medo. Um dia, durante uma excursão de escola em uma viagem de ônibus, o professor começa contar a tal história para distrair os alunos. Quando ele iniciou a história “Cabeça de Vaca”, todos os estudantes gritam e imploram para que ela pare, mas ele parece estar em algum tipo de transe e não consegue parar. Quando se recuperou, ele percebeu que o motorista e os alunos estavam desmaiados e espumando pela boca. Alguns deles não paravam de suar e tremer e morreram alguns dias depois.

Boneca-Okiku

7 – Boneca Okiku

É uma boneca que usa um quimono e, em algum tempo, pertenceu a uma garota chamada Okiku. A menina morreu em decorrência de um resfriado e o seu espírito possuiu a boneca, fazendo com que o cabelo dela crescesse. A boneca agora fica no templo Mannenji e inicialmente o cabelo era curto, mas cresceu com o tempo e agora é longo. Ninguém sabe como o cabelo continua a crescer, mas pesquisas científicas concluíram que o cabelo pertence a uma criança, talvez Okiku.

A-garota-da-fresta

8 – A garota da fresta

É um espírito que vive nas lacunas entre os móveis, portas e gavetas que existem nas casas. Se um dia você a olhar fixamente, ela irá te pedir para brincar de esconde-esconde. A segunda vez que você olhar nos olhos dela, você será enviado para outra dimensão (ou para o inferno, em algumas versões).

Vila-Inunaki

9 – Vila Inunaki

Uma misteriosa vila que é completamente isolada de outros lugarejos e até do próprio país. Não é certo que a vila exista, mas algumas pessoas afirmam que sim. Existe uma placa na entrada que diz “As leis constitucionais do Japão não são aplicadas aqui”. De acordo com a lenda, as pessoas do lugar vivem de uma maneira extremamente bizarra. Incesto, canibalismo e assassinato são comuns e, por alguma razão, você não consegue usar telefones ou qualquer outro dispositivo eletrônico na vila. Existem antigas lojas e telefones públicos que não funcionam. Muitas pessoas foram a esse lugar e nunca voltaram.

Túnel-Kiyotaki

10 – Túnel Kiyotaki

O túnel foi construído em 1927, tem extensão de 444 metros (sendo que o número 4 é considerado de azar para os japoneses como o 13 é para nós). Esse túnel é considerado mal assombrado por todos os trabalhadores que morreram durante o processo de construção devido às péssimas condições de trabalho, semelhantes à escravidão. É dito que fantasmas podem ser vistos dentro do túnel de noite e que podem até entrar nos carros e assustar quem está neles, levando a acidentes. Existe um espelho do lado de dentro e, se você olhar para ele e ver um fantasma, você irá morrer de forma terrível. O comprimento do túnel varia caso seja medido de dia ou de noite.

About Patrine

Patrine atende, às vezes, pelo nome de Ana Carolina Dias é produtora de conteúdo do site e editora do Senpuucast. Também é jornalista, fez estágio como assistente de produção em rádio e atualmente trabalha como editora de web.

One comment

  1. me assuste não, viu!?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*